Nada substitui o tempo juntos

27 de novembro de 2018 -

Como pais, sempre pensamos em proporcionar aos nossos filhos as melhores experiências. Seja uma viagem para um lugar paradisíaco, a melhor escola, ou os melhores brinquedos. Queremos possibilitar para eles as coisas que muitos de nós não tivemos. Para conquistar determinadas coisas, nos dedicamos ao trabalho e também fazemos economias, enquanto tudo que eles esperam é um tempo com a gente, seus pais.

Limitamos nossa mente a pensar sobre o hoje, vemos os dias escorregando entre os nossos dedos. A vida passa rápido. Logo chega mais um aniversário das crianças e nos damos conta de que as roupas já estão curtas novamente. Continuamos nossa rotina frenética de trabalhar, levar as crianças para o colégio e aulas extracurriculares, preparar o jantar e ainda dar banho nas crianças. Assim, já está na hora de dormir e esperar pelo dia de amanhã para recomeçar tudo novamente.

Um velho ditado já dizia que a única certeza que temos na vida é que iremos morrer. O que nos leva a refletir sobre “como queremos ter passado os nossos dias?”. Se você acordasse hoje e soubesse que seria seu último dia na Terra, será que iria se preocupar tanto assim com o relatório que precisa entregar para seu chefe? Precisamos ser responsáveis com nossos trabalhos e contas, mas acima disso, precisamos ser responsáveis pela maneira que vivemos nossos dias.

Antoine de Saint-Exupéry, escreveu uma famosa verdade em seu livro “O Pequeno Príncipe”, “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”. Os filhos são eternos apaixonados pelos seus pais. Somos responsáveis em oferecer-lhes educação, uma casa confortável, refeições saudáveis, e também palavras encorajadoras para seu crescimento emocional. De que maneira conseguiremos fazer isso se não tivermos a oportunidade de lhes transmitir isso com serenidade?

O texto da Genis Borges nos faz refletir sobre a metodologia do Slow Pareting, que visa desacelerar as rotinas de pais e mães para se dedicar a escola mais importante: a casa. Por que fazemos o que fazemos? Muitas vezes não percebemos que mais importante são as coisas simples. Fazer um piquenique com as crianças, admirar a natureza, ler um livro ou até mesmo rolar na grama com elas.

Nada substitui o tempo que você pode ter junto com seu filho. Isso implica em cancelar alguns compromissos, adiar outros e até mesmo deixar o celular bem longe de vocês. Precisamos reaprender a curtir os momentos mais simples sem ter a necessidade de publicar uma nova foto no Instagram. Esquecer a tecnologia e vivenciar esses momentos com nossos filhos.

Para quando nossos filhos estiverem grandes e cuidando de suas próprias vidas, não haja arrependimentos do que deixamos de aproveitar.

Além do mais, que hoje não tenhamos medo de expressar nossos sentimentos para nossos filhos. Que eles saibam através das nossas palavras e ações o quanto eles são importantes para nós. E sobre isso, a produtora de conteúdo Brena Costa traz uma bela reflexão sobre sete frases que são fundamentais que os pais digam aos seus filhos.

Na nossa cidade teve Feira do Livro e visitamos ela vários dias, deixando as crianças verem os livros sem aquela afobação de comprar. Combinamos que isso iríamos fazer no último dia, preparei uma cesta com algumas comidinhas, suco e água  e fomos para o teatro. Depois fomos a feira, onde cada um escolheu os livros que levariam para casa. Passamos no carro pegar a bolsa térmica e a Catarina de mãos dadas comigo falou: – “Nós vamos fazer algo muito especial né mamãe,  nós vamos fazer um piquenique!”

A felicidade dela de fazer algo em família, com calma, sem horário, sem pressa, apenas aproveitando a companhia um do outro, comer e ler os livros tranquilamente. Esse dia, essa frase vão marcar para sempre minha história.

Entender que nada substitui o tempo que podemos aproveitar com eles e ainda estar presente não apenas de corpo, mas de mente também, com a atenção que eles merecem receber de seus pais. Ter a certeza que cada momento que vivemos com eles, são lembranças que eles levarão para toda vida.

Karin Petermann Produtora de conteúdo no site Mamãe & Cia, 31 anos - casada há 11 anos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *