Mãe perto dos 40 anos

11 de maio de 2019 -

Por Hamanda Garcia

 

Fui mãe com 37 anos e acho que foi a melhor idade pra mim. A maternidade envolve tantos momentos e situações que eu tão jovem não teria maturidade para entender.

Dizem que quando você é mãe jovem você consegue perceber a dimensão de muitas coisas. Com a idade, as experiências vividas, a maternidade salta aos olhos e chama a atenção por detalhes e experiências muito peculiares. Acho que você, mais velha, entende um pouco melhor todas as mudanças do corpo, da vida, das situações. Confesso que se fosse mais jovem, certamente não entenderia metade do que aconteceu comigo e talvez não percebesse o quão incrível é essa viagem.

Sendo mãe perto dos 40, eu consegui estabilidade financeira, consegui desenvolvimento da minha carreira e isso também oferece uma grande segurança para a mãe. Pude dedicar bastante tempo da minha vida para hoje ter estabilidade profissional. Pude fazer escolhas melhores.

Ser mãe perto dos 40 também tem contras. Me sentia mais cansada, as vezes me falta disposição e o cansaço certamente era maior do que o de uma menina de 25 anos. Todos os lados têm momentos bons e ruins.

Acho que eu não entenderia muitas coisas sendo mãe aos 25 anos. Certamente tudo o que vivi até os 37 anos me transformou como mulher, ser humano, e hoje me faz uma mãe mais reflexiva e mais entendedora de todo universo materno infantil. Bento é como um livro para mim! É uma grandiosidade tudo o que me ensinou e o quanto melhorei como ser humano.

Na minha opinião, o mais importante é ser mãe no momento no qual você se sentir segura e tranquila para isso. É querer muito e sentir que é a hora. Respeitar seu relógio biológico e ouvir o seu coração. Não há uma idade certa, há uma vontade certa, o seu momento e as suas escolhas.

Mães sempre saberão ser mães independentemente de idade. Talvez demorem um pouco mais ou um pouco menos, mas devagar tudo entra no eixo e você será a melhor mãe que o seu filho poderá ter.

Hamanda Garcia Sou Hamanda, mãe do Bento, enfermeira do INCA, mestre pela UFF, autora do blog We Mães.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *